Pena de Morte?

Uma das marcas objetivas de um país que não valoriza a vida humana é não ter pena de morte como punição do homicídio. Principio bíblico estabelecido antes da lei de moisés desde o Antigo Testamento:
´´Se alguém derramar o sangue do homem, pelo homem se derramará o seu; porque Deus fez o homem segundo a sua imagem.`` (Gn 9.6)
O homicídio viola e destrói a vida humana de maneira injusta, que é preciosa por ser feita a imagem de Deus (imago Dei). Portanto aquele que destruiu algo tão precioso de modo injusto será punido com a perda da sua própria vida agora de modo justo e autorizado por Deus.

E antes que algum ignorante que não conhece a Escritura mas gosta de repetir heresias diga que isso é coisa do Antigo Testamento, que no Novo Testamento é diferente, é bom deixar claro que no Novo Testamento em momento algum isto é negado, pelo contrário quando Paulo escreve sobre as autoridades civis ele afirma:´´...Entretanto, se fizeres o mal, teme; porque não é sem motivo que ela traz a espada; pois é ministro de Deus, vingador, para castigar o que pratica o mal.`` (Rm 13.4)

E antes também que algum ´´papinha de alface`` diga que é necessário oferecer a outra face ou algo assim tentando com isto negar este principio bíblico da pena justa de morte ministrada pela autoridade civil competente na sociedade. Lhe respondo que oferecer a outra face (Mt 5:38-42, Lc 6:27-31) se refere a ofensas pessoais que devem ser perdoadas, entretanto isto não exclui o dever e a responsabilidade das autoridades civis em julgar e punir o crime com a pena de morte.

Pena de morte não é questão de ter raiva de alguém ou porque tem gente tão ruim que a mereça ou ainda porque não tem concerto para certos tipos que somente a morte lhe cabe, mas sim porque simplesmente é a pena justa para quem mata uma vida humana de maneira injusta. E certamente exclui aqueles que matam em legitima defesa de si mesmo ou de terceiros. Estes que assim fazem estão cumprindo o mandamento ´´Não Matarás`` (Ex.20) e não quebrando como alguns pensam. Exatamente porque estão preservando a sua vida ou a vida de terceiros. Isto quando o único meio de fazer isto (proteger) é tirando a vida do agressor.

Uma das provas que este ´´mundo jaz do maligno`` são suas leis que revelam sua injustiça. Não é curioso no Brasil não ter pena de morte para o estuprador mas sim para a criança fruto do estupro que ainda está na barriga da sua mãe? Eu sei que não é considerado legalmente como pena de morte mas funciona na prática como fosse. Ou por exemplo no Irã, que o governo do PT é aliado, ter pena de morte para quem confessa ser cristão.

O negócio é tão injusto que no Brasil quando alguém mata o próximo, se for menor de idade não passa mais do que 3 anos em regime de reclusão (como o caso do assassino de Brasília que matou uma moça um dia antes de completar 18 anos) e se for maior de idade vai para prisão por pouco tempo tendo suas despesas pagas (em algumas prisões com muitos luxos) pela sociedade que ele praticou o crime contra e inclusive a família da vítima. Ou seja, no Brasil o negócio é tão imoral que o bandido mata alguém da sua família e se você for um cidadão de bem terá que trabalhar para pagar as contas dele na prisão.

Outro argumento que ouço é que a pena de morte não é a solução para o problema dos homicídios. De fato não é, neste mundo caído em pecado este mal sempre vai existir. Mas não reclamo a pena de morte por achar que ela seria a solução ou não mas sim repito porque é a pena justa. A lei não foi dada para solucionar os problemas mas sim para promover a justiça e a retribuição contra o mal praticado.

Em nosso país todos os anos morrem cerca de 50.000 pessoas assassinadas, nossas capitais estão sempre entre as mais violentas do mundo, mesmo sem está em guerra. Mas na verdade o Brasil está em guerra, não contra outro país, mas sim contra Deus e sua santa lei. Um povo que não adorou a verdadeira Vida que é Jesus Cristo mas que adora a morte provando servir aquele que é homicida desde o princípio, o Diabo. E negar esta realidade é continuar no erro.

Deus ainda é soberano em um mundo sexualmente depravado?



Vivemos em uma sociedade corrupta em todos os níveis, especialmente em termos sexuais. A humanidade conseguiu transformar o mundo em um grande palco de imoralidade. Podemos dizer que Sodoma e Gomorra tomaram proporções globais na atualidade. Prostituição e pornografia são coisas absolutamente latentes no ocidente e atingem cada vez mais cedo as pessoas. Se antigamente para se prostituir era necessário freqüentar os prostíbulos noturnos, hoje temos 24h de prostituição online, basta apenas um click. Como Paul Washer disse ´´somos uma sociedade que temos estuprado a beleza``. De fato temos escancarado nossa perversidade, temos violentado a ´´pureza``. Vemos movimentos que defendem a legalidade da imoralidade dos mais diversos tipos ganharem força como o movimento pró-aborto, movimento feminista (que luta pelo fim do valores tradicionais da mulher na família), movimento gay, movimento de legalização da prostituição e outros. Vivemos em um país onde não é bom se guardar para o casamento, afinal de contas como saber quem é o certo se não experimentar bastante antes não é? Mas parece normal leiloar a virgindade ou então colocar como meta de vida transar com 100 homens diferentes em um ano. Aceitamos músicas que promovem até mesmo a pedofilia explícita e a banalização da mulher como é o caso de muitas letras (será que podemos chamar isso de ´´letra``?) da música funk brasileira. Sexo e dinheiro tem movimentado toda uma indústria neste país. Como as coisas se tornaram assim? Como chegamos neste ponto? Podemos traçar algum motivo? Simplesmente foi a perda dos bons costumes? Ou é porque as pessoas não estão indo mais a igreja?

Como cristãos somos chamados a enxergar de uma maneira bíblica, verdadeira e profunda o que acontece no mundo, ou seja, somos chamados a enxergar através das lentes bíblicas que interpretam verdadeiramente a realidade que nos cerca. O que está realmente acontecendo? Existe alguma esperança para pessoas em uma época como a nossa? Deus ainda é soberano em meio a tanta perversidade e imoralidade que vemos? Ele simplesmente não se afastou e por isso tudo isso aconteceu?

O livro de Romanos em poucos versos nos mostra a causa que há por detrás desta realidade imoral.

´´porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato.`` (Rm 1.21)

No verso anterior o Apóstolo Paulo havia dito que Deus se faz conhecido(até seus atributos invisíveis) através das coisas que foram criadas. A criação proclama a Deus (Sl 19.1) e isso coloca o homem em uma situação de indescupabilidade, simplesmente ninguém pode apresentar motivos para dizer que não pode conhecer a Deus. Ele se fez conhecido. João Calvino escreve ´´ainda de tal modo se revelou em toda a obra da criação do mundo, e cada dia nitidamente se manifesta, que eles não podem abrir os olhos sem se verem forçados a contemplá-lo. `` Depois de Paulo deixar claro esse ponto nos mostra qual foi a ação humana. Portadores deste conhecimento que o obrigava a adorar a Deus, eles fizeram justamente o contrário. Não lhe renderam adoração e a consequência primeira disto foi a nulidade sobre suas mentes, seu coração que é o centro do ser humano, o que é de mais importância no nosso ser e é de onde procede a fonte da vida (Pv.4.23) se tornou insensato. E a parti deste ponto começa toda a ruína humana. A nossa história de imoralidade não começa nos atos de imoralidade, não começa na revolução sexual dos 60 na América, mas sim na não adoração ao Deus Criador de todas as coisas.

E então o próximo passo:

´´ e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis.`` (Rm 1.23)

E Paulo enfatiza a mesma verdade logo depois:

´´ pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!`` (Rm 1.25)


Este é o segundo passo da ruína, depois da não adoração ao Deus Criador o que se segue é a idolatria. Quando o homem não atende a verdade o que se segue fatalmente é o paganismo. Não outro caminho a não ser este. Ou adoramos ao Deus vivo ou adoramos aos ídolos que foram frutos das mãos de homens que blasfemaram contra Deus mudando a verdade em mentira, a glória do Deus eterno em imagem de criaturas finitas. João Calvino dizia que o ´´coração do homem é uma fabrica de ídolos``. De fato quando se nega a Adoração a Deus nos tornamos tão nulos que viramos fabricadores de ídolos. Triste fim? Não a ruína ainda não está completa, ainda não parou aí.

E agora chegamos ao ultimo estágio da ruína:

´´ Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si... Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.`` (Rm 1.24,26 e 27)

Aqui nós encontramos a nossa realidade latente. A imoralidade humana que vemos hoje não é primariamente causada pela mídia, pelos filmes, músicas, perda da vergonha, relativismo ou por idéias anticristãs que a sociedade tem abarcado, não! Ela é antes de tudo o juízo do próprio Deus sobre uma humanidade idólatra. Podemos dizer com toda a força que perante toda a imoralidade Deus continua sendo Deus, ele é plenamente soberano, ele tem tudo haver com isso que está acontecendo. Como eu posso de dizer isso? A Bíblia diz isso, simplesmente o que você tem visto é o juízo dEle sendo exercido.


O verbo usado para descrever a ação de Deus (´´entregou``) está na voz ativa no grego, isto indica que é uma ação de Deus no qual os homens são objetos passivos, ou seja não foram os homens que a si mesmo se entregaram, não! Deus os entregou como juízo pela idolatria da humanidade. Homens e mulheres foram entregues a ´imundícia``, ´´paixões infames`` justamente ´´para desonrarem o seu corpo entre si``. Para cometerem ´´torpeza``. Veja que triste realidade. As pessoas olham para isso que vemos hoje, toda essa imoralidade e dizem: ´´Oh! Onde será que está Deus.`` Como você não vê? Isso é o juízo dele! As pessoas dizem: ´´Isso só pode ser a ausência de Deus!`` Não! É justamente o contrário! É a presença da sua ação! É a presença do seu juízo! O fato é que não foi a imoralidade que afastou o homem de Deus. Ou seja eles estavam juntos e foram afastados pela imoralidade, não! Se existe imoralidade gritante no mundo como vemos hoje é a prova que Deus já abandonou tal mundo em seus próprios pecados. John MacArthur pregou um sermão intitulado: Deus abandonou a América. De fato vemos isso nos Estados Unidos ao não adorar o verdadeiro Deus e abandonar o cristianismo esta nação tem se transformado na nação mais corrupta e perversa do mundo. A nação que outrora levou o evangelho ao mundo através de suas muitas igrejas hoje tem levado a imundícia e a transgressão.
A humanidade deveria honrar a Deus com os seus corpos, deveriam refletir a sua glória, consagrando-os a adoração de Deus. Mas não fizeram isso e pecaram terrivelmente contra Deus. E é como se Deus estivesse dizendo: Vocês não me adoraram com os seus corpos, com o fôlego de Vida que Eu dei a vocês e então agora eu vou entregar vocês a imoralidade para destruição dos seus próprios corpos pelos seus atos pecaminosos, sujos.

E é isso o que mais ocorre hoje, são pessoas destruindo seus corpos. Acham senhores de si mesmo, mas servem ao pecado e destroem eles mesmos suas vidas. Acham bonito lutarem pelo padrão homossexual ou pela legalização da prostituição e das drogas, mas não conseguem ver (pois são nulos em seus próprios raciocínios) que estão rumo a auto-destruição. Que evolução é esta afinal? A evolução da destruição!
Com as lentes da Escritura podemos ver que está imoralidade está diretamente relacionada a idolatria e a não adoração ao Deus Criador. Você quer medir o grau de idolatria na sociedade, veja o quanto imoral ela é! Ou você quer um medidor correto e verdadeiro para a imoralidade, veja o quanto idolatra ela é. Francis Schaeffer já dizia que o século 21 seria marcado pelo Hedonismo. E de fato já vivemos plenamente essa triste ´´profecia``. O culto ao prazer é idolatria. E isso só acaba em ruína total cominando na imoralidade que destrói o homem e a mulher.

Ainda há esperança para nós? O Apóstolo Paulo trabalha esse tema que vai do primeiro capítulo até o começo do terceiro para demonstra que todos ´´estão debaixo do pecado``. Para mostrar que estamos todos debaixo da condenação justa e totalmente soberana de Deus (Ele é totalmente soberano mesmo em um mundo imoral). Para então mostrar a maravilhosa redenção e justiça de Deus que há em Jesus Cristo. Deus manifestou para este mundo perdido o caminho para a justificação e redenção. Somente Jesus Cristo pagou os nossos pecados e satisfez a perfeita justiça de Deus pelo seu sangue derramado na cruz. E agora a todos que tem fé em Jesus são justificados por Deus. Ainda há esperança para homens e mulheres em uma sociedade imoral. E essa esperança é o Evangelho de Cristo. Não adianta lutarmos contra essa imoralidade com simples moralismo ou legalismo. Somente o Evangelho de Cristo pode redimir o homem. E esta é a missão da Igreja, anunciar Cristo para este mundo.



Graça Perseverante.

O que adiantaria se o Pai te escolhesse antes da fundação do mundo para a salvação, o Filho morresse na cruz em seu lugar para a salvação, o Espírito Santo lhe regenerasse levando ao arrependimento e fé para sua Salvação se no final você pudesse perder a salvação? A Perseverança dos Santos é a segurança que isso tudo não pode ser em vão. É impossível um verdadeiro crente perder a salvação, a vida eterna.

E isso não é doutrina de homens mas ensinamento bíblico:
´´Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão.`` (Jo. 10.28)

´´Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.`` (Fp 1.6)

Para meditar. Como não amar a Igreja?

Alguns parecem apenas amar a Igreja, mas desprezam a verdade, porque fazem de tudo para não machucar, magoar ou ser duro com a Igreja (muitas vezes por motivos avarentos). Já outros parecem amar tanto a ´´Verdade`` mas desprezam a Igreja que por qualquer pequeno erro doutrinário já querem quebrar a Igreja ao meio e dividi-la.

Nas Escrituras não existe essa dicotomia, pois afinal de contas A Verdade é o noivo da Igreja e morreu por ela, de modo que não os anjos mas ela mesmo a Igreja seja a Fiel Noiva que proclama ao mundo A Verdade. Se de fato amamos a Verdade amaremos incondicionalmente a Igreja.

A importância da Unidade entre o Pai e o Filho para nossa Salvação.


``Eu e o Pai somos um`` (Jo. 10.38)

Estas palavras são incríveis e nos mostram a grandeza e sublimidade da Trindade e só poderiam ter vindo da Verdade. Nós temos aqui a distinção entre as pessoas da Trindade enfatizada pelas palavras ´´Eu e o Pai``. O Pai não é o Filho e o Filho não é o Pai. São duas pessoas distintas com papéis distintos na história da Salvação. O Filho é que é enviado e selado pelo Pai para ser o Rei Salvador que morreria na cruz.


Mas a sublimidade e magnífica verdade da perfeita unidade entre as pessoas da trindade são mostradas nas palavras ´´somos um``. O Pai e o Filho são um em propósito e vontade. Na missão de Salvação o Pai e o Filho estão em um mesmo propósito e em perfeita unidade. As ovelhas que o Pai deu ao Filho são elas que o Filho recebe e conhece. Eles não apresentam nenhuma desarmonia. É porque o Pai e o Filho são um que ninguém pode arrebatar as ovelhas da mão do Filho (Jo.10.28) nem da mão do Pai(Jo.10.29). Jesus estava nesta sublime passagem afirmando sua natureza divina e alguns Judeus que ouviram logo pegaram em pedras, pois entenderam a implicação das palavras de Cristo e o considerava um blasfemo. Mas eles não criam pois não eram das ovelhas a quem o Pai e o Filho tencionaram salvar. Na obra de salvação dos eleitos (que são as suas ovelhas) o Pai e o Filho demonstram perfeita, plena e completa unidade. É por isso que a Salvação executada por Cristo é completa. Sendo impossível haver qualquer erro ou falha. Não há possibilidade de alguma ovelha se perder ou não ser salva. Pois elas estão nas mãos do Pai e do Filho que possuem perfeita unidade.

Perseguição Global


Enquanto alguns acreditam no nascimento da Era Dourada (Pós-milenistas), onde o cristianismo será aceito pelas nações e desfrutaremos de paz e progresso neste mundo caído e rebelde antes da Vinda de Cristo, temos que encarar a realidade da oposição entre a Semente Santa e o Mundo ímpio e perverso (e lamento dizer aos pós-milenistas que isso só irá se intensificar ainda mais com a proximidade do retorno de Cristo). Mesmo com toda a falácia da grande mídia em tentar nos cegar dizendo que os GAYS são os mais perseguidos, acredite não são eles! É a Igreja de Cristo. Estudo revela que 75% da perseguição religiosa no mundo é contra os cristãos.( http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/perseguicao-anticrista/13436-75-da-perseguicao-religiosa-mundial-e-contra-cristaos.html ) O mundo cego acredita nas mentiras da grande mídia porque rejeitam A Verdade que é as Escrituras que nos ensinam sobre a oposição e perseguição a Igreja de Cristo. Não é trágico saber que o mundo caído ao rejeitar as Escrituras são enganados e levados como folhas que o vento dispersa? Não ouvem as Escrituras mas repetem as tolices das novelas. Não dão crédito a Palavra de Deus mas seguem qualquer demagogo da última moda!? Não lêem a Bíblia mas vivem como zumbis cantando a última moda sertaneja que na melhor das hipóteses se referem a versos sem o menor sentido. Se tornaram nulos em seus próprios raciocínios.


Enquanto no ocidente temos que agüentar as mentiras e o controle dos esquerdistas progressistas que levam adiante a agenda gay, agenda pró-aborto, banalização do sexo (principalmente entre as crianças), Kit gay nas escolas, destruição da família (A Senadora do PT Marta Suplicy é a favor de projeto que visa retirar os termos ´´pai`` e ´´mãe`` de documentos) e um conjunto de outras coisas mais que visão destruir os valores cristãos e abrir o caminho para a perseguição dos cristãos. Para piorar a situação temos no nosso contexto ´´igrejas`` cada vez mais mundanas e parecidas com o mundo. Seus jovens necessitam de eventos parecidos com o mundo para continuar na igreja achando que são salvos mas caminhando para o Inferno. E a grande Apostasia já começa a aparecer. No entanto a verdadeira Igreja sempre será perseguida. Enquanto aqui no Brasil nossos jovens precisam de show gospel para alimentar a sua carnalidade no restante do mundo verdadeiros cristãos são presos, proibidos de se congregar, torturados, queimados, condenados a morte pelo próprio governo, espancados em praça pública diante da população sedenta por sangue. Mas o Senhor Ressurreto está vendo tudo e no Dia do Juízo dEle tomará a sua vingança contra todos que perseguiram a sua Igreja, a sua Noiva, a sua Amada. O mundo é cegado pelo deus deste século que é Satanás se prepara para receber o homem da Iniqüidade o qual será contra Cristo e será adorado por eles. Entretanto seu fim é certo, ´´o Senhor Jesus matará com o sopro de sua boca e o destruirá pela manifestação de sua vinda.`` (2 Ts 2.8)








Valdemiro e Edir Macedo em Guerra contra a Verdade.


Não existe nada mais deprimente para um calvinista ter que comentar sobre o caso Valdemiro Santiago e Edir Macedo. Valdemiro aprendeu bem como ser um falso profeta com Macedo, afinal foram 20 anos dentro da IURD. São atualmente os dois maiores líderes do neopentecostalismo brasileiro. Depois de uma onda de acusações e farpas muitos pensam que de fato exista uma guerra entre eles. Acredito que para a existência de um conflito real devem-se existir posições diferentes entre os lados envolvidos bem como interesses diferentes. Mas será que este é o caso?



Tanto Valdemiro como Edir Macedo são adeptos da teologia da prosperidade. Auto denominam-se líderes superiores da igreja. Valdemiro se diz apóstolo, mas sabemos que pelas Escrituras o ultimo e verdadeiro apóstolo foi Paulo e este já como um nascido fora de tempo. Os dois são donos da sua igreja e também milionários. Eles têm a palavra final de autoridade e poder em suas denominações e funcionam como pontífices. Seus interesses também são os mesmos: mercadejar a fé; distorcer de todas as maneiras as Escrituras para enganar o povo, fazer comércio em seus mega templos, explorar os mais fracos com suas mentiras. Enquanto um vende sabonete do descarrego o outro oferece o próprio suor. O Edir Macedo chega ao nível máximo da canalhice ao tentar basear a sua posição a favor do aborto na própria Escritura. E a última do falso apóstolo da Mundial é que ele resolveu dar uma sofisticada e virou ariano, ele diz que Cristo foi criado e não é eterno como Deus.


Igreja Universal só tem o sucesso que tem por causa do grande sincretismo religioso do Brasil, e de fato ela não passa de um grande terreiro de macumba com um púlpito. Uma verdadeira sinagoga de Satanás onde os demônios falam no microfone. Ambos invadem nossos lares através da TV com suas falsas doutrinas e usam das mesmas técnicas psicológicas de manipulação, pregam a si mesmo. Os verdadeiros crentes são lavados e curados com o puro sangue de Cristo e não com o suor de falsos profetas. São tantas praticas e elementos que eles inventam estranhos as Escrituras que não se pode listar. Os verdadeiros crentes não são edificados por vãs superstições como rosas ungidas, sabonete do descarrego, gota sagrada, suor santo, lenço ungindo, martelo da justiça, caneta abençoada, mas sim pela suficiência da Escritura Sagrada. Não precisamos dos pactos que estas igrejas inventam, só necessitamos ser participantes do pacto da Graça cujo único mediador é Cristo. O poder de Deus não se encontra no suor das axilas dos falsos apóstolos modernos, mas no antigo e verdadeiro evangelho de Cristo (Rm 1.16)

Valdemiro e Macedo de fato estão envolvidos em uma guerra. Na qual ambos são aliados do engano contra a verdade.

Neo-Ateísmo e suas contradições

Basta uma pesquisa rápida pela internet para notar o crescimento de sites, blogs, vlogs de cunho ateísta. Na verdade são neo-ateístas estilo Richard Dawkins, verdadeiros militantes que gastam tempo promovendo o ateísmo de todas as maneiras possíveis e sua área de maior atuação é na internet. Eles são um grupo cada vez maior no Brasil, e tem pressionado a sociedade a retirar qualquer credo ou símbolo de cunho religioso dos lugares públicos baseado em um conceito errado de estado laico. Enfim sempre acreditei que o aumento do Neo-ateísmo em uma sociedade está ligado diretamente ao aumento de burrice da mesma.

Não existe nada mais estúpido do que ser ateu e passar a vida toda tentando convencer os outros a se tornarem ateus. Afinal de contas, se Deus não existe e tudo se resume a matéria e acaso, e toda nossa vida não tem nenhum propósito ou sentido porque perderia meu tempo tentando convencer os outros disto? Afinal de contas chegamos até aqui por acaso, por acaso ainda existimos e por acaso vamos continuar a existir. Então que se danem todos! Um dos ataques mais estúpidos que tenho visto pelos neo-ateístas é o ataque ao cristianismo utilizando-se de argumentos morais: Que o Deus da bíblia é um tirano, mal e assassino. Enfim e que por isso essa idéia cristã de um Deus bondoso e amoroso é estúpida segundo dizem os Neo-ateístas.

Entretanto dentro do credo ateísta não existe espaço para absolutos morais como bondade, respeito e amor. E eu não posso utilizar um argumento que na minha visão de mundo não faz o menor sentido. Para nós cristãos a moralidade genuína é possível. Existe um Deus que determina como deve ser o nosso padrão moral e ele pode fazer isto porque criou todas as coisas e dotou o ser humano deste aspecto moral. Tudo se encaixa e eu como cristão posso utilizar-me de argumentos morais no debate contra qualquer credo. Mas para o ateísmo, a moralidade na melhor das hipóteses não passa de uma convenção social, feita por outros homens falíveis em épocas diferentes. Ela foi construída pela própria religião outros dizem, mas porque eles se utilizam tanto dela para atacar o cristianismo. Afinal de contas como diria Dostoievski se Deus está morto tudo é permitido. O que é maldade ou tirania? Apenas convenções humanas.

Aliás, o próprio pensamento racional só é possível dentro da concepção cristã de mundo. Cremos que um Deus racional criou este mundo e o fez com sentido e nos dotou de uma mente racional. Mas para o ateísmo tudo foi originado por processos materiais e completamente irracionais, de modo que não faz sentido o próprio conceito de racionalidade. Afinal de contas da irracionalidade brotou a racionalidade? Mas esta é a burrice que os ateus não apenas querem para eles, mas também desejam estabelecer para toda a sociedade. Sem credos religiosos, sem Deus e sem inteligência. Se tornam nulos em seus próprios raciocínios.